jardim-vertical

Não é porque você mora em um apartamento pequeno que você não pode realizar o sonho de ter um jardim vertical com plantas e flores para alegrar o seu ambiente. É fato que a presença de plantas em casa traz mais tranquilidade, mais conforto e uma maior sensação de integração com a natureza. O segredo para cultivar plantas em pequenos espaços e varandas é fazer um jardim vertical, pois ele não irá interferir na circulação de pessoas se instalado em um local estratégico. Quer saber como fazer isso? Então acompanhe nossas 6 dicas para fazer seu próprio jardim vertical:

Painel de madeira

O modo mais comum de instalar um jardim vertical é com a instalação de um painel de madeira na parede. Ele é composto por várias tiras horizontais que servem para receber os ganchinhos com os vasos de plantas. Alguns painéis já vêm com os próprios cachepôs, facilitando ainda mais a realização da sua ideia.

Treliça de ferro

Esse tipo de jardim de vertical é similar ao painel de madeira, pois serve como estrutura para que os vasos sejam pendurados por meio de ganchos. Entretanto, a treliça de ferro também é favorável às trepadeiras, que poderão subir e se entrelaçar em suas barras verticais e horizontais, compondo um visual muito bonito.

Vasos retangulares

Você pode confeccionar um jardim vertical utilizando vasos de plástico retangulares, que ficarão pendurados um acima do outro com uma distância de 30 cm. Eles poderão ser instalados ao longo de toda uma parede, verticalmente. Para esse jardim, basta fazer dois furos em cada borda lateral dos vasos, amarrar correntes resistentes em cada um dos furos, conectando um vaso ao outro. Depois que todas as correntes estiverem conectadas, conecte todo o conjunto no alto da parede com a ajuda de um gancho bem forte.

Sapateira de plástico ou de tecido

Sabe aquelas sapateiras de plástico ou de tecido que são penduradas atrás das portas e que contém vários bolsos para colocar os sapatos? Pois bem, elas também podem ser usadas para compor um jardim vertical com uma grande variedade de plantas. Nelas podem ser plantados temperos e ervas aromáticas usados na cozinha, como manjericão, hortelã e tomilho.

Vasos presos ao teto

Sabe as samambaias que volta e meia encontramos penduradas nas varandas e nas casas? Pois esse é um modo de ter um jardim vertical: instalando ganchos no teto e pendurando os vasos com correntes ou cordas. Os ganchos podem ser instalados em uma mesma área do teto e as correntes ou cordas podem ter tamanhos diversos, de modo a compor um jogo de variação entre os vasos.

Prateleiras

A instalação de prateleiras nas paredes da varanda ou da sala também são um método para a implantação de um jardim vertical. As prateleiras podem ser largas ou estreitas e ir de cima até a parte de baixo da parede. Nelas podem ser colocados vasos de tamanhos diferentes, materiais e cores variadas. Uma dica: se uma parede da sua varanda bate muito sol, cultive um jardim vertical de plantas suculentas. Elas suportam os raios solares, requerem poucos cuidados e são belas plantas, com diversos formatos inusitados.

Depois dessas dicas você não vai deixar de fazer o seu jardim vertical, certo? Reserve uma parede ou um cantinho do seu apartamento e mãos à obra! Se tiver alguma dúvida, escreva pra gente nos comentários!

Ebbok_decorar-02

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.